Os ratos estão se jogando do navio

Ratos estão presentes em todas s esferas de governo.

Mais médicos é exemplo básico disto. O abandono do governo Cubano do “socorro” a saúde dos brasileiros é um claro sinal disto.

Foram embora assim que notaram que iam ser descobertos. Para não correr o risco de serem investigados e quem sabe presos. Muitos já fugiram do Brasil.

Literalmente fugiram. Foi só Bolsonaro anunciar que ia repassar todo dinheiro aos trabalhadores e permitir sua família acompanhando este heróico feito de vir a outro país salvar sua saúde, o governo cubano chamou todos de volta.

Alexandre Padilha, participa da aula inaugural do módulo de acolhimento e avaliação dos profissionais cubanos para a segunda etapa do Programa Mais Médicos. Durante três semanas, os médicos terão aulas sobre saúde pública brasileira e Língua Portuguesa. A aprovação nesta etapa é condição para receber o registro profissional provisório para atuação no programa. Autor Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Dias depois saíram denúncias de que o Mais médicos já havia sido pensado antes da jornada de 2013.

E que esta foi só o estopim do golpe aplicado pelos petistas. Com pretexto de ajudar na saúde ( que nem era pauta principal dos protestos) Dilma sancionou este acordo absurdo que remeteu 7 bilhões a Ditadura e ainda infiltrou médicos no Brasil que nem sabíamos se eram mesmo médicos. 

Dias depois da decisão, foi feito uma “licitação”e as vagas foram todas ocupadas por brasileiros. Quer dizer, os médicos se inscreveram, saber se eles vão, já são outros 500. 

Eu conheci um médico que fazia trabalho no Amazonas. Ganhava um belo salário mas sentia falta da “civilização”. Mas era feliz morando longe da família, na beira da selva com poucos recursos de infra estrutura para trabalhar. Realmente é difícil manter motivado quem quer evoluir na carreira ou simplesmente executar um bom trabalho.

Enquanto o Pt e os partidos de esquerda financiaram republicas de araque em todo o globo, nós pagamos a conta da venda de estatais para políticos em troca de votos.

Espero que sejamos agora ouvidos realmente e que seja feita a vontade do povo: Saúde, educação, transporte e segurança de qualidade. O resto todo, fazemos nós o povo, crescer de acordo com nossas demandas, não artificialmente com fazem os governos manipuladores bolivarianos.

Os ratos estão em todos os setores, não só na medicina. Estão na nossa sociedade fingindo que gostam de educar, de servir ou mesmo de fazer seu dever. Estão ali só por dinheiro, poder, fama e não ligam que estão tirando dinheiro do povo carente pra sanar sua frustração interna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *